Galeria online e Pré-avaliações

mpm2014_gallery_screenshot

As sessões de pré-avaliação consistem numa discussão individual com cada um dos alunos fazendo um balanço do semestre e da avaliação do trabalho realizado e publicado online nesta plataforma e na galeria da disciplina.

Terão lugar na Quinta-feira dia 15 de janeiro, entre as 16:00 e as 19:00, na sala 3.07.


Para referência, aqui estão os links dos projectos com vídeos interactivos online:

Sob Influência, Sérgio Lamego

Post Screen Festival 2014, Ricardo Viegas

O que me deita abaixo, Bárbara Crespo e Joana Mourinho

All I see is war, Tomasz Kajszczarek

O que me deita abaixo?

Tal como o título sugere, este projecto veio questionar aquilo que nos deita abaixo, os nossos maus hábitos ou o mal pelo qual nos fazemos rodear, com o intuito de levar o utilizador a aperceber-se desses mesmos problemas e a encontrar modos para os solucionar. Entre eles encontram-se a falta de sono, o tabaco, a televisão, a alimentação, o Facebook e as pessoas, no geral.

Num primeiro momento, intitulados pela pergunta “o que me deita abaixo?”, aparecem seis botões de cores distintas que, por si só, geram algum choque, e que contém em si cada um dos obstáculos anteriormente enunciados. O utilizador deverá, então, escolher uma dessas adversidades e, a partir da sua opção, é-lhe sugerido um vídeo que funcione como uma alternativa. Procurámos que os vídeos fugissem, acima de tudo, às soluções convencionais e que surpreendessem não apenas pela sua eficácia, mas pela sua natureza imprevisível. No final da visualização, a pessoa pode optar por ver mais um vídeo ou voltar ao menu inicial e dar continuidade à sua experiência a partir das outras opções.

Se se sentirem curiosos, podem espreitar o nosso projecto.

Apresentação do Projecto

Este projecto parte da tentativa de criar um dispositivo que permitisse a exploração do óptico com o táctil.
O meu maior objectivo é o de conseguir criar uma plataforma em que cada pessoa possa ter uma experiência única e só sua.
Tendo como referência o caleidoscópio, tentei recriar um que fosse virtual e tivesse uma dimensão jogável.
Daí surge então o presente protótipo. Nele podemos através do teclado, alterar a imagem, fazer rodar a imagem com diferentes velocidades ou mantê-la estática, definir o número de partes pelo qual a imagem se divide, guardar um printscreen do resultado e com o rato movimentar o caleidoscópio.
Ao iniciar a aplicação ouvimos uma música cujo objectivo é que também ela possa ser redefinida e tenha uma influencia directa no movimento da imagem visível.

(vídeo)

O projecto na galeria on line da turma.